31.Out.2011 15:07
0 Comentários

Nos últimos 15 anos uma fatia inexpressiva do aumento considerável da carga tributária se traduziu em novos investimentos públicos no Brasil. Só 9% da alta da arrecadação foi usada para investimentos. Desde 1995 até 2010 a maior parte dos recursos extras cobriu gastos e salários públicos. De cada R$ 100 a mais em impostos arrecadados nesse período, apenas R$ 8,60 foram direcionados pra elevar investimentos feitos pelo governo, como construção de escolas e hospitais, ampliação de portos e aeroportos e melhorias em estradas. A conta é do economista Alexandre Schwartsman, ex-diretor do Banco Central. "Nós aumentamos a carga tributária pra gastar mais", afirma Schwartsman.
Os investimentos da chamada administração direta (incluindo governos federal, estaduais e municipais) cresceram R$ 56,9 bilhões entre 1995 e 2010, descontada a inflação. Esse aumento equivale a 8,6% dos R$ 661,6 bilhões a mais arrecadados. Conclusão: O governo tá tomando muitos recursos sob a forma de impostos e retribuindo muito pouco em investimentos.



Comentários (0)