27.Jul.2011 13:02
0 Comentários

Perto de US$ 60 bilhões saíram do Brasil diretamente pra paraísos fiscais em 2009. O valor representa nada menos que 28% de todos os investimentos diretos feitos pelo país no exterior, que somaram, no mesmo período, US$ 214 bilhões. Todo esse dinheiro foi parar em alguns dos 66 paraísos fiscais relacionados pela Receita Federal, muitos deles incluídos na lista negra divulgada pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) por não cooperarem com outros governos no combate à evasão de divisas.
Esses dados fazem parte de um levantamento do Instituto Nacional de Estudos Socioeconômicos (Inesc), única entidade que representa o Brasil em uma rede de 50 ONGs integrantes de uma campanha mundial pelo fim dos paraísos fiscais, lançada essa semana no Brasil. O estudo do Inesc foi feito com base no último balanço do Banco Central sobre remessas de divisas para o exterior.
A intenção da campanha é recolher assinaturas no mundo inteiro para pressionar os líderes do G-20, grupo dos 20 países mais ricos do mundo, a pôr fim aos paraísos fiscais, ou pelo menos adotar transparência.Os paraísos fiscais estão entre os destinos preferenciais dos investimentos diretos brasileiros. E os lugares preferidos pra esconder a grana são as Ilhas Cayman , Ilhas Virgens Britânicas e Bahamas.



Comentários (0)